UFSC Sustentável
  • Bem-vindo!

    Publicado em 15/08/2018 às 16:34

        

        


  • Aumento dos focos do mosquito Aedes Aegypti em Santa Catarina

    Publicado em 21/02/2019 às 16:42

    O verão, devido ao calor e as chuvas, é o período mais propício para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da  dengue, zika e chikungunya.

    Dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) mostram que, entre os dias 30 de dezembro do ano passado e 09 de fevereiro deste ano, já foram identificados 4.051 focos de Aedes aegypti em 131 municípios do Estado de Santa Catarina, sendo que  76 deles foram considerados infestados, significando que os focos encontrados são recorrentes. Isso representa um aumento de 18,7% com relação ao ano anterior.

    A Dive-SC confirmou ainda, em 05 de fevereiro, que Florianópolis registrou o primeiro caso de dengue contraída dentro do estado, situação chamada de autóctone e que traz a necessidade eliminação dos focos do mosquito. De acordo com o último boletim da DIVE (04/2019), já são seis casos autóctones somente no município de Florianópolis.

    Com a voltas as aulas é fundamental que toda a comunidade acadêmica auxilie no combate ao mosquito na UFSC. Deve-se prevenir e eliminar o foco do mosquito evitando acúmulo de água parada.  Ao circular pelo campus, caso observe um objeto que possa se tornar foco de proliferação faça o descarte em local seguro ou se for inviável notifique por meio do e-mail: evitedengue@contato.ufsc.br.

    Se o acúmulo de água estiver fora do Campus, você deve ligar para a Vigilância Epidemiológica no telefone: 48 3212-3907 ou 48 9999852710.

     


  • Trote Sustentável

    Publicado em 20/02/2019 às 15:32

    A Coordenadoria de Gestão Ambiental elaborou uma pequena cartilha com algumas orientações para tornar a recepção dos novos alunos mais sustentável.

    Um “trote” sustentável considera os impactos sociais, econômicos e ambientais de suas ações. Além de ser uma oportunidade de incentivar desde cedo os alunos a construírem uma universidade e sociedade mais sustentável.

    O objetivo da cartilha não é dar fim a brincadeira, mas sim trazer algumas ideias para a realização de trotes mais conscientes, que tenham por objetivo impactar positivamente o meio ambiente e a sociedade. Além disso, também  busca eliminar atitudes e ações que sejam ofensivas, violentas e que utilizem recursos escassos.

    A intenção é que a cartilha chegue ao conhecimento dos organizadores da recepção dos novos alunos na UFSC.

    A cartilha pode ser conferida no link.


  • Monitoramento do consumo de água por hidrômetro

    Publicado em 08/02/2019 às 8:54

    A Coordenadoria de Gestão Ambiental irá divulgar mensalmente a partir deste mês, o consumo e o gasto mensal de água de todos os hidrômetros da UFSC. Esses dados poderão ser conferidos na página de água e esgoto, em Monitoramento do Consumo de Água, disponível no site do UFSC Sustentável.

    A divulgação desses dados é uma das ações previstas do Plano de Gestão de Logística Sustentável da UFSC e tem como intuito prevenir e identificar desperdícios de água nos Campi.

    As unidades consumidoras que apresentarem discrepâncias ou anomalias nos valores de consumo, o que pode ser um indicativo de vazamento ou  aumento do consumo, serão alertadas pela Coordenadoria. A intenção é a conscientização da comunidade universitária a cerca dos desperdícios, a eliminação de vazamentos, bem como a revisão de procedimentos que sejam necessários.

    A comunidade universitária também pode ajudar nesse monitoramento. Indicativos de anomalias podem ser comunicados no e-mail: gestaoambiental@contato.ufsc.br. Solicitações de manutenções devem ser comunicadas aos administradores de edifícios ou encaminhadas por SPA ao DMPI, conforme orientações.

    Ajude a construir uma UFSC mais Sustentável!

     

     


  • Alerta Dengue, Zika e Chikungunya em Florianópolis

    Publicado em 18/01/2019 às 9:26

    A DIVE emitiu em janeiro de 2019 alerta indicando aumento dos casos de Dengue em Santa Catarina. Esse alerta indicou que em 2018 foram identificados 15.886 focos do mosquito Aedes aegypti, espalhados em 164 municípios de Santa Catarina. Destes, 551 focos estavam concentrados em Florianópolis.

    Em 2019, só no município de Florianópolis, já foram  identificados 14 focos e é nessa época com o calor que o Aedes prolifera-se com maior facilidade.

    Deve-se prevenir e eliminar o foco do mosquito evitando acúmulo de água, descartando adequadamente seus resíduos e utilizando, quando necessário repelentes. Ao circular pelo campus, caso observe um objeto que possa se tornar foco de proliferação faça o descarte em local seguro ou se for inviável notifique por meio do e-mail: evitedengue@contato.ufsc.br. Se o acúmulo de água estiver fora do Campus, você deve ligar para a Vigilância Epidemiológica no telefone: 3212-3907 ou 9999852710.

    Infelizmente, nem sempre é possível evitar o contágio, então fique atento aos seguintes sintomas:

    Dengue: Pessoa que apresente febre, usualmente entre 2 e 7 dias, e duas ou mais das seguintes manifestações: náuseas, vômitos, exantema, mialgias,dor articular, cefaléia, dor no fundo dos olhos,pequenos pontos vermelhos no corpo, entre outros sintomas.

    Zika: Pessoa que estiver apresentando manchas vermelhas, acompanhado de pelo menos 2 dos seguintes sinais e sintomas: Febre OU região interna dos olhos avermelhadas (sem secreção) OU dor simultânea nas articulações OU Edema.

    Chikungunya: Pessoa com febre de início súbito maior que 38,5°C E dor articular ou artrite intensa de início agudo, não explicado por outras condições.

    Apresentando algum desses sintomas o paciente deve se dirigir à unidade de saúde mais próxima para realizar coleta de sangue com o intuito de identificar o grau da doença e classificação de risco para conduta médica. Lembrando que para alunos, servidores e professores da UFSC existe no Hospital Universitário o Serviço de Atendimento à Saúde da Comunidade Universitária (SASC).

    Para conferir o Alerta completo clique aqui.

    Créditos da imagem: Reprodução Facebook Prefeitura Municipal de Florianópolis

    Fonte:

    Redação,Prevenção da dengue: 10 dicas para se cuidar,9/3/2017, Acesso em 18/01/19-https://www.minhavida.com.br/saude/materias/11617-prevencao-da-dengue-10-dicas-para-se-cuidar

    Gerência de Vigilância Epidemiológica-Diretoria de Vigilância em Saúde–SMS, Risco de Dengue, Zika e Chikungunya em Florianópolis,Florianópolis-SC, 11/janeiro/2019

    Acesso em 18/01/19- file:///C:/Users/08097212951/Downloads/alerta%20arbo%2011012019.pdf


  • Publicado o Relatório de Sustentabilidade da UFSC de 2018

    Publicado em 17/12/2018 às 9:49

    Foi publicado o Relatório de Sustentabilidade da UFSC de 2018, com as informações e dados de 2017.

    A implantação da publicação anual do Relatório de Sustentabilidade da UFSC, elaborado com base nas diretrizes do padrão GRI (GRI Standards 2016 – CORE option) busca publicizar os impactos da UFSC, positivos ou negativos, no ambiente, na sociedade e na economia. Junto com os demais relatórios institucionais, como o Relatório de Gestão, leva ao público e aos gestores, tomadores de decisão, informação relacionada a dados de sustentabilidade confiável, relevante e padronizada.

    Ecossistema-UFSC


  • Sustentabilidade com intervenção artística: projeto de Educação Ambiental

    Publicado em 12/12/2018 às 11:03

    Já pensou uma forma de educação ambiental mais lúdica? Estar em um dia comum de trabalho e receber a visita da Diva da Sustentabilidade? Essa é a ideia central da iniciativa da Gestão Ambiental UFSC, que uniu três projetos para trazer sustentabilidade de um jeito mais descontraído. Os projetos de Educação Ambiental, Intervenção Artística e Coleta Seletiva Solidária, juntos, buscam conscientizar quem trabalha na Universidade Federal de Santa Catarina sobre temas ambientais que fazem parte do seu dia-a-dia, mas de um jeito diferente. São abordadas temáticas como destinação correta dos resíduos através da coleta seletiva solidária e a redução no consumo de materiais como copos descartáveis e energia de forma artística. Duas bolsistas fazem as visitas, a graduanda de Engenharia Sanitária e Ambiental Laura Tavares e a graduanda de Artes Cênicas Ana Gabriela Granado.

    As intervenções são constituídas por um breve comentário sobre sustentabilidade, seguida por explicações mais completas sobre os três temas abordados: copos descartáveis, gastos com energia e separação de resíduos. O grande diferencial é a fantasia e a personagem que Ana Gabriela Granado performa. A Diva da Sustentabilidade, como é chamada, usa uma fantasia de resíduos recicláveis. Lacres de latas de alumínio formam uma blusa, sacos de lixo plástico uma saia, e CDs, canudos e caixas de leite compõem um colete e uma tiara. A Diva auxilia na comunicação com os servidores e é responsável por “quebrar o gelo” em um ambiente mais sério de trabalho, conseguindo transmitir de um jeito mais descontraído as informações. As estagiárias percebem a diferença: o pessoal aceita mais quando é de um jeito divertido, muitas vezes eles estão prestando atenção enquanto a Ana fala, mas quando nós começamos a apresentar os dados, eles ficam meio dispersos. É feito também um pequeno quiz, um jogo de perguntas, para envolver os servidores sobre as questões de sustentabilidade na Universidade. “Muitos ficam surpresos com os dados e dizem não saber de algumas coisas, como a disponibilidade dos copos biodegradáveis no almoxarifado e que as folhas de papel não devem ser amassadas antes de irem para reciclagem, por exemplo”, contam as estagiárias.

    As visitas acontecem desde Julho de 2018 e já foram atingidos 394 servidores, 60 salas em centros administrativos e 57 departamentos nos centros de ensino. As bolsistas percebem o impacto do projeto, relatando ter ouvido frases que ressaltam a importância da educação ambiental, como “essa iniciativa é uma das principais ações que estão acontecendo na UFSC relacionada a sustentabilidade.” Antes mesmo da intervenção, muitos servidores já aboliram os copos plásticos e estavam usando canecas, mostrando os resultados e impactos positivos das campanhas sustentáveis.  

    O projeto é da Gestão Ambiental UFSC em parceria com os professores Sérgio Nunes Melo e Luiz Fernando Pereira do Departamento de Artes Cênicas da UFSC e tem como objetivo ser ampliado para os alunos também.  A iniciativa surge a partir de ações nacionais e institucionais de sustentabilidade, principalmente o Plano de Logística Sustentável da Universidade, o PLS.

    IMG_7715IMG_7855

    IMG_8624

    Escrito por Luiza Della Giustina/ Estagiária de Jornalismo da Coordenadoria de Gestão Ambiental UFSC


  • Novo concurso da UFSC exigirá noções de sustentabilidade

    Publicado em 12/12/2018 às 10:51
    O concurso para técnicos administrativos em Educação (TAEs) de 2019 terá questões de sustentabilidade na prova de conhecimentos gerais. O programa prevê conteúdo relacionado a Agenda Ambiental da Administração Pública – A3P, em seis eixos temáticos: Uso dos recursos naturais; Qualidade de vida no ambiente de trabalho; Sensibilização dos servidores para a sustentabilidade; Compras sustentáveis; Construções sustentáveis; e Gestão de resíduos sólidos). O objetivo é selecionar servidores que já tenham uma noção do tema, “se a gente quer uma universidade sustentável, o servidor que chegar nesta casa já deve ter uma bagagem de conhecimentos sobre este tema” disse a pró-reitora de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas, Carla Cristina Dutra Burigo, em entrevista para a Agecom UFSC.
    Além de noções de sustentabilidade, será exigido dos candidatos conhecimentos em língua estrangeira, como inglês ou espanhol. A iniciativa vem como uma tentativa de tornar a Universidade mais acessível para receber estudantes, professores e visitantes estrangeiros. O edital está sendo elaborado pela Pró-Reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp) da UFSC.
    As inscrições serão entre às 10h do dia 21/12/2018 e às 23h59min do dia 28/01/2019.

  • PROEX divulga resultado do Edital de Extensão e Sustentabilidade

    Publicado em 10/12/2018 às 12:12

    A  Pró-Reitoria de Extensão, PROEX, divulgou os projetos escolhidos para o primeiro Edital de Extensão e Sustentabilidade, no dia 12 de Novembro. A iniciativa de apoiar os projetos sustentáveis da Universidade está alinhada com o PLS, o Plano de Logística Sustentável da UFSC. Em um dos seus eixos, o Plano incentiva o reconhecimento e apoio aos projetos sustentáveis na Universidade. Foram seis projetos aprovados, que abordam desde iniciativas com as árvores do Campus até a articulação com os Centro Acadêmicos para a educação ambiental. Os projetos receberão duas bolsas e dois mil reais para serem gastos em materiais divulgação. Parabéns aos selecionados!

    O resultado pode ser acessado aqui.

    arte2---projetos-ext


  • Gestão Ambiental promove curso de Resíduos Perigosos na UFSC

    Publicado em 10/12/2018 às 10:41

    Foi finalizado o primeiro Curso de Resíduos Perigosos para docentes e técnicos administrativos em educação da UFSC, iniciativa da Gestão Ambiental e da Capacitação de Pessoas. O objetivo é orientar sobre o descarte correto de resíduos químicos e biológicos, assim como a manipulação e tratamento dos resíduos químicos gerados na Universidade. Previsto pelo Plano Anual de Capacitação 2018, ele está inserido no Programa de Educação Ambiental e Sustentabilidade e também está de acordo com o Plano de Logística Sustentável, o PLS. O tratamento dos resíduos químicos é uma prática sustentável, pois busca diminuir a geração reduzindo o impacto ambiental,  sendo uma das etapas importantes para destinação ambientalmente adequada dos resíduos.

    O curso abordou em quatro módulos semipresenciais informações sobre a gestão dos resíduos perigosos na universidade, aspectos legais e práticos, segurança laboratorial e manipulação de produtos químicos. Ministrado pelos servidores Branda Vieira (engenheira sanitarista) e Mauro Dutra (químico), da Gestão de Resíduos da Coordenadoria de Gestão Ambiental e a técnica Ligia Rosenbrock do Laboratório de Química Analítica Instrumental.

    Confira o conteúdo de cada aula:

    Aula 1: Gestão de resíduos perigosos: legislação nacional e local, classificação, sistema de gestão de resíduos na UFSC.

    Aula 2: Gerenciamento de resíduos laboratoriais e sistema de gestão e gerenciamento da UFSC.

    Aula 3: Segurança química, boas práticas e gerenciamento voltados a resíduos laboratoriais.

    Aula 4: Tratamento de resíduos químicos em laboratório.

    Aula prática: Demonstrativa sobre o tratamento de resíduos químicos para reduzir a quantidade de resíduo gerado no laboratório e confecção de um papel de pH universal para verificação do pH do resíduos produzido em laboratório.

     

    WhatsApp Image 2018-11-29 at 15.50.36WhatsApp Image 2018-11-29 at 15.23.12

     

    WhatsApp Image 2018-11-29 at 14.59.38

    WhatsApp Image 2018-11-29 at 14.57.51

     

    Escrito por Luiza Della Giustina/ Estagiária de Jornalismo da Coordenadoria de Gestão Ambiental UFSC

     


  • Gestão Ambiental promove curso sobre Educação ambiental no âmbito educacional

    Publicado em 06/12/2018 às 13:20

    Foi finalizado essa semana o segundo curso de capacitação “Educação Ambiental no Âmbito Educacional” desse ano promovido pela Coordenadoria de Gestão Ambiental em parceria com a Coordenação de Capacitação da UFSC.  O objetivo é capacitar os servidores sobre a problemática ambiental, estimulando o pensamento crítico, o consumo responsável e a prática de ações sustentáveis no cotidiano, principalmente no trabalho realizado na UFSC.

    O curso é ministrado pelas servidoras e integrantes da Gestão Ambiental UFSC Gabriela Zampieri e Carolina Ferreira e aborda temas como Histórico da temática ambiental e desenvolvimento sustentável; Desenvolvimento sustentável nas Instituições Públicas;  Água, esgoto e energia; Compras, contratações e consumo sustentável; Resíduos, mobilidade urbana e qualidade de vida e Gestão e Educação Ambiental. Em todos os módulos, além da teoria, são apresentadas dicas práticas de como ser mais sustentável no dia a dia da Universidade. Ao todo, nesse ano, foram formados 100 servidores.

    O curso está inserido no Plano de Logística Sustentável 2017, o PLS, fazendo parte do eixo “Geral” no quesito Educação ambiental. Também está previsto no Plano Anual de Capacitação, no sub-eixo “Programa de Educação Ambiental e Sustentabilidade”, elaborado pela Coordenadoria de Gestão de Pessoas.

     

    Escrito por Luiza Della Giustina/ Estagiária de Jornalismo da Coordenadoria de Gestão Ambiental UFSC