Monitoramento do Consumo de Água

Monitoramento do Consumo de Água por Unidade Consumidora

Desde Julho de 2018, a Coordenadoria de Gestão Ambiental compila mensalmente os dados faturados de abastecimento de água e esgotamento sanitário, bem como fiscaliza o contrato de abastecimento de água na UFSC em Florianópolis (Processo SPA/UFSC 23080.056143/2012-71).

O monitoramento das unidades consumidoras de todos os campi da UFSC pode ser acessado em:

M02 – Monitoramento-detalhado -2019_11 R1 (Última atualização 09/12/2019).

Mensalmente o arquivo será atualizado. As planilhas apresentam:

  • a relação das unidades consumidoras,
  • compilação dos dados de consumo e faturamento em gráficos e tabelas com análises gerais, por campi e por unidade consumidora.

 

Consumo de água na UFSC – Outubro/2019

Em Outubro a UFSC consumiu 15.830 m³ de água ao custo total de R$ 260.102.
O consumo representa uma redução de 15 % (- 2.795 m³) em comparação com o mês de Setembro. Desta forma, Outubro ocupa o posto de Agosto e torna-se o mês de menor consumodo ano de 2019, sendo este o menor consumo de água desde 2014. Além disso, comparando com o ano anterior, a UFSC apresentou uma redução de 35,6% (-8.756 m³), equivalente a R$ 124.340 a menos que o valor pago em Outubro de 2018.
Outubro também foi o sétimo mês seguido com reduções de consumo comparado à 2018, representando uma economia de R$ 424.203 ou 43.510 m³. A redução em relação ao ano passado é resultado das ações de controle de vazamentos e monitoramento de consumo de água da UFSC. O período que compreende este faturamento de Outubro, corresponde com o período de início da campaha contra vazamentos, implementada pela CGA em Setembro de 2019, onde através de um canal via WhatsApp a comunidade acadêmica pode comunicar vazamentos pela universidade. Esta comunicação garante uma maior agilidade na resolução deste problema, resultando na diminuição do desperdício de água.

As unidades consumidoras que tiveram as maiores reduções no consumo foram: Estação de Maricultura Bc. dos Coroas (-1249m³), NDI (-509 m³), Centro de Filosofia e Humanas 1 (-321m³), CCB MIP 1 (-220m³) e CCB Anatômico (-203m³).

Em Outubro os locais que apresentaram maiores aumentos no consumo de água foram: Pavilhão da Eng. Mecânica (+375 m³), EFI (+344 m³) e Barra do Itapocu Baln. Barra do Sul (+290m³). Estes locais serão monitorados e os responsáveis contatados para verificação de possíveis anormalidades.

Os números apresentados reforçam a necessidade da continuidade do monitoramento e campanhas de redução de consumo de água na universidade!!!

O Hospital Universitário – HU em Outubro consumiu (10.655 m³) que corresponde a R$ 225.673, diminuindo o consumo em relação ao mês de Setembro em 21%. Comparado a Outubro de 2018 o HU teve uma redução de consumo de 9,5%.

 

Consumo de água na UFSC – Setembro/2019

Em Setembro a UFSC consumiu 18.625 m³ de água ao custo total de R$ 313.887.
O consumo representa um aumento de 12,69 % (+ 2.098 m³) em comparação com o mês de Agosto. Este aumento era esperado em função do retorno do período letivo da UFSC, a partir do dia 05/08. No entanto, setembro obteve o menor consumo de água da universidade entre os meses letivos de 2019. Além disso, comparando com o mês de Setembro de 2018, a UFSC apresentou uma redução de 23,3% (-5.662 m³), equivalente a R$ 58.362 a menos que o valor pago em Setembro de 2018.
Setembro também foi o sexto mês seguido com reduções de consumo comparado à 2018, representando uma economia total de R$ 273.066, ou 29.227 m³ ao longo de 2019. A redução em relação ao ano passado é resultado das ações de controle de vazamentos e monitoramento de consumo de água da UFSC, em especial no Centro de Desportos, que após ações de combate a vazamentos realizadas em Julho/2019 teve seu consumo regularizado pelo segundo mês seguido, com redução de cerca de 89% no volume faturado.
Outros locais que tiveram grande redução no consumo  foram: Reitoria II, Reitoria I, Almoxarifado Central e Pavilhão da Engenharia Mecânica.

Em Setembro  o local que registrou maior aumento no consumo foi a Estação de Maricultura na Barra da Lagoa, com aumento de 932 m³ em relação ao mês passado. Este consumo fora do esperado pode ser indício de vazamentos e os responsáveis já foram contatados. Outras unidades que mais aumentaram seu consumo foram: Colégio de Aplicação, Engenharia Civil Bloco V e Centro de Eventos.

Os números apresentados reforçam a necessidade de monitoramento e campanhas de redução de consumo de água na universidade!

O Hospital Universitário – HU em Setembro consumiu (13.481 m³), aumentando o consumo em relação ao mês de Agosto em 23,3%.  Comparado a Setembro de 2018 o HU teve um aumento de consumo de 9,4%.

 

Consumo de água na UFSC – Agosto/2019

Em Agosto tivemos na UFSC o menor consumo de água mensal registrado desde Fevereiro de 2014, totalizando 16.527 m³, ao custo total de R$ 275.336.
O consumo representa uma redução de 13,24 % (- 2.523 m³) em comparação com o mês de julho.
Esta redução em relação ao mês de Julho era esperada em função do período não letivo da UFSC entre 13/07 e 05/08. No entanto, comparando com o mês de Agosto de 2018, a UFSC apresentou uma redução de 31,34% (-7.543 m³), equivalente a R$ 80.571 a menos que o valor pago em Agosto de 2018.
Agosto também foi o quinto mês seguido com reduções de consumo comparado à 2018, representando uma economia de R$ 214.704, ou 23.565 m³, ou um mês inteiro de redução de consumo.
A redução no volume consumido ocorreu principalmente pela regularidade agora registrada para o Centro de Desportos em 422 m³, após ações de controle de vazamentos realizadas desde Maio neste centro. Anteriormente o consumo neste centro era estimado pela média até março de 2019, em 4.600 m³. Em Maio ocorreu a primeira leitura de correção, sendo lido 3.889 m³, em Junho foi lido 3.599 m³, em Julho 2.144 m³ e finalmente em Agosto 422 m³, representando uma redução de 89% no volume consumido.

Outros locais que tiveram grande redução no consumo em função de ações de controle de vazamentos foram: Colégio de Aplicação, Centro de Filosofias e Humanas 1 e Centro de Educação 1.

Números que reforçam a necessidade constante de verificação das instalações e combate ao desperdício de água, com monitoramento das instalações por parte de toda a comunidade universitária. No entanto, o monitoramento do consumo ainda está realizado pela verificação das faturas mensais e por inspeção dos locais suspeitos, quando há sinais de alterações nas leituras ou solicitações de manutenção.

Em Agosto as unidades que mais aumentaram seu consumo, ou registraram consumo fora do esperado, estão sendo avisadas de possíveis vazamentos, sendo elas:
Reitoria II, Reitoria I, Arquitetura, NDI, Estação de Maricultura, TV UFSC/SEAD, CCB Anatômico. Demais unidades de Florianópolis apresentaram aumento de consumo, em função do aumento do Estação de Maricultura em 341 m³, e CCA 2 em 46 m³.
O Hospital Universitário – HU em agosto (10.935 m³) praticamente manteve o consumo de Julho (10.847 m³), com aumento de 88 m³, ou 0,81%. Comparando a Agosto de 2018, o HU reduziu em 4,83%.

 

Consumo de água na UFSC – Julho/2019

Em Julho, o consumo de água na UFSC teve uma redução de 7,42 % (- 1.527 m³) em comparação com o mês de junho. A redução no volume consumido ocorreu principalmente em função da redução de consumo no campus Trindade, com 1.586 m³ a menos que o mês anterior.
As investigações de vazamentos no campus Trindade no período foram ampliadas com destaque para as ações no Centro de Desportos, Restaurante Universtário, Centro de Filosofia e Humanas, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, entre outros.

Comparando com o mês de Julho de 2018, a UFSC apresentou uma redução de 17,97% (-4.174 m³), equivalente a R$ 27.692 a menos que o valor pago em 2018.

Julho foi o quarto mês seguido com reduções de consumo comparado à 2018, representando cerca de R$ 134.133 de economia, ou 16.022 m³.
Isto reforça que as medidas de redução do consumo e controle de vazamentos estão sendo muito positivas.

Demais unidades de Florianópolis apresentaram aumento de consumo, em função do aumento do CCA Tapera em 291 m3, em relação ao mês de Junho.

Em Julho, a UFSC consumiu 19.050 m³ ao custo de R$ 310.015.

O campus Trindade representou 87,69 % do consumo, outras unidades de Forianópolis 10,57%, e os campi 1,74%.

O Campus de Joinville e 4 das 5 unidades do campus Curitibanos continuam sem monitoramento ou com restrição nos dados de consumo de água.

O Hospital Universitário – HU teve uma redução de 9,09 % com relação a junho de 2019, e redução de 8,39% em relação ao mês de Julho de 2018.

Consumo de água na UFSC – Junho/2019

Período de leitura: 18/05/2019 à 17/06/2019, vencimento das faturas em 15/07/2018.

Em Junho, o consumo de água na UFSC teve uma redução de 7,96 % (- 1.780 m³) em comparação com o mês de maio. A redução no volume consumido ocorreu em todos os campi, com destaque para o campus Trindade com 1.552 m³ a menos que o mês anterior.
Comparando com o mês de Junho de 2018, a UFSC apresentou uma redução de 19,62% (-5.022 m³), equivalente a R$ 57.700 a menos que o valor pago em 2018.
Junho foi o quinto mês seguido com reduções de consumo comparado à 2018. Isto reforça que as medidas de redução do consumo e controle de vazamentos estão sendo positivas.
O Hospital Universitário – HU no entanto teve um aumento de 8,09 % com relação a maio de 2019, e um aumento de 7,09% em relação ao mês de maio de 2018.

As unidades consumidoras com maiores consumos de água no mês foram:

Unidade Consumidora                 Volume (m³)
1 – Centro de Desportos                              3.599

2 – Moradia Estudantil                               1.197

3 – Colégio de Aplicação                             1.118

4 – Restaurante Universitário 2               1.094

5 – Centro de Filosofia e Humanas 1       1.033

6 – Centro de Eventos                                    993

7 – CCA 2                                                          881

8 – Centro Sócioeconômico                          841

9 – Prefeitura e Restaurante                         813

10 – Reitoria I                                                  692

Em termos de aumentos absolutos e percentuais no consumo comparado com o mês anterior, os maiores consumos foram:

Unidade Consumidora               Aumento

1 – CFM  Bloco A                                     +436 m³

2 – Reitoria I                                            +190 m³

3 – Moradia Estudantil                          +142 m³

4 – CTC (1)  R. Delfino Conti                  +89 m³

5 – CCA 2                                                    +74  m³

Em Junho, a UFSC consumiu 20.577 m³ ao custo de R$ 326.546.
O campus Trindade representou 88,89 % do consumo, outras unidades de Florianópolis 10,05%, e os campi 1,77%.
O Campus de Joinville e 4 das 5 unidades do campus Curitibanos continuam sem monitoramento ou com restrição nos dados de consumo de água.

O consumo e os custos de água e esgoto de todos os hidrômetros da UFSC de Janeiro de 2017 à Abril de 2019 podem ser analisados na página Monitoramento do Consumo de Água.

Tabela 1: Volume e custos de água entre os meses de Abril e Junho de 2019.

Tabela 2: Volumes e custos de água no mês de junho para os anos de 2017, 2018 e 2019.

Consumo de Água na UFSC –  Maio/2019

Período de leitura dos hidrômetros: 18/05/2019 à 20/05/2019. Vencimento das faturas em 15/06/2018.

Em MAIO, o consumo de água na UFSC teve um aumento de 12,25 % (+2.439 m³) em comparação com o mês de abril. O aumento não representa um aumento físico do consumo. Ocorre que o consumo da maior unidade consumidora da UFSC, o Centro de Desportos, estava sendo estimado nos últimos meses, com média de 4.360 m³ ao mês. A devida leitura em maio foi normalizada, sendo o consumo do período medido em 3.889 m³.
Comparando com o mês de Maio de 2018, a UFSC apresentou uma redução de 10,89%, equivalente a R$ 29.332 a menos que o valor pago em 2018. Isto reforça que as medidas de redução do consumo e controle de vazamentos estão sendo positivas.
O Hospital Universitário – HU no entanto teve um aumento de 13,23 % com relação a Abril, e uma redução de 1,14% em relação a Maio de 2018.

As unidades consumidoras com maiores consumos de água em abril foram:

Unidade Consumidora: Volume
01 – Centro de Desportos              3.889 m³
02 – Centro de Eventos                  1.255 m³
03 – Colégio de Aplicação              1.159 m³
04 – Restaurante Universitário    1.139 m³
05 – Moradia Estudantil                1.055 m³
06 – CFH 1                                           992 m³
07 – Prefeitura e Restaurante          974 m³

08 – CFM – EFI                                   964 m³
09 – CSE                                               857 m³
10 – CCB – MIP 1                                 816 m³
11 – CCA 2                                            807 m³
12 – CCS                                                764 m³
13 – CCA Tapera                                  519 m³
14 – Reitoria 1                                      502 m³
15 – Arquitetura e Urbanismo          496 m³

Em termos de aumentos absolutos no consumo comparado com o mês de março, os maiores consumos foram:

Centro de Desportos                  +3.869 m³
Centro de Eventos                          +677 m³
CFH – 1                                             +288 m³
Reitoria II                                         +175 m³
CFM Bloco EFI                                +157 m³

Em Maio, a UFSC consumiu 22.357 m³ ao custo de R$ 352.260.
O campus Trindade representou 88,76 % do consumo, outras unidades de Forianópolis 9,62%, e os campi 1,62%.

 

Divulgação mensal do consumo de água por hidrômetro

A divulgação dos dados de consumo de água é uma das ações previstas do Plano de Gestão de Logística Sustentável da UFSC e tem como intuito prevenir e identificar desperdícios de água nos Campi.

As unidades consumidoras que apresentarem discrepâncias ou anomalias nos valores de consumo, o que pode ser um indicativo de vazamento ou  aumento do consumo, serão alertadas pela Coordenadoria. A intenção é a conscientização da comunidade universitária acerca dos desperdícios, a eliminação de vazamentos, bem como a revisão de procedimentos que sejam necessários.

A comunidade universitária também pode ajudar nesse monitoramento. Indicativos de anomalias podem ser comunicados no e-mail: gestaoambiental@contato.ufsc.br.

Solicitações de manutenção devem ser comunicadas aos administradores de edifícios dos centros, que encaminham os pedidos ao DMPI (Departamento de Manutenção Predial e Instalações da UFSC), conforme orientações.

Ajude a construir uma UFSC mais Sustentável!