Consumo consciente: faça valer o seu papel!

28/08/2017 13:02

A higienização das mãos é um hábito importante que evita a proliferação de germes e a transmissão de doenças. Tão importante quanto a prática de lavar as mãos, é o ato de secá-las1.

O método mais comum para a secagem das mãos, mas não muito sustentável e benéfico ao ambiente, é o uso do papel toalha. Isso porque o papel toalha não pode ser reciclado, sendo diretamente descartado como rejeito*2.

Outros meios utilizados para a secagem das mãos são os secadores que utilizam ar quente ou jato de ar, métodos mais modernizados, porém com maior probabilidade de espalhar vírus e bactérias no ambiente, aumentando os riscos de contaminação por patógenos1.

UFSC e consumo de papel toalha

Na UFSC, o maior gasto com material de expediente é relacionado a folhas de papel toalha. São consumidas, em média, 200.000 folhas de papel toalha por ano3!

Uma das metas do Plano de Logística Sustentável da UFSC é a redução em 20% da utilização de folhas de papel toalha. Com isso, será possível reduzir os gastos financeiros e diminuir o impacto ao ambiente4.

Como resolver o problema do uso de papel toalha?

A melhor maneira é diminuir o consumo! Para isso, após a lavagem das mãos é importante chacoalhá-las para tirar todo o excesso de água, possibilitando a utilização de apenas UMA folha para cada lavagem5! Caso o papel seja de baixa qualidade, a utilização de DUAS folhas é suficiente.

Devemos ter consciência sobre tudo aquilo que consumimos. O ambiente agradece!

*Rejeito é todo material que não pode mais ser reaproveitado, não havendo alternativa a não ser o descarte, ou seja, é todo o material que não pode ser encaminhado para a coleta seletiva, nem para a compostagem. Os rejeitos são destinados aos lixões ou aterros sanitários6.

Fonte: Restaurante Universitário (RU)

 

REFERÊNCIAS

1BEST, E.L.; PARNELL, P.; WILCOX, M.H. Microbiologiacal comparison of hand-drying methods: the potencial for contamination of the enviroment, user, and bystander. Journal of Hospital Infection, v. 88, p. 199-206, 2014. Disponível em

<http://ac.els-cdn.com/S0195670114002461/1-s2.0-S0195670114002461-main.pdf?_tid=f7156190-6251-11e7-b9f4-00000aacb360&acdnat=1499349163_e215af7beb81e4061386b0098dbd7b45> Acesso em 06 jul. 2017.

2INSTITUTO GEA. O que pode ser reciclado? Disponível em <http://www.institutogea.org.br/lixo/o-que-pode-ser-reciclado/> Acesso em 06 jul. 2017.

3UFSC. 14ª ata da Reunião da Comissão de Sustentabilidade. Disponível em <http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:QLwa4sAFkKgJ:comissaodesustentabilidade.ufsc.br/files/2015/04/ATA_14_Comissao_Sust_15.12.2015.docx+&cd=2&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br> Acesso em 06 jul. 2017.

4UFSC. Minuta PLS 2017. Disponível em <http://ufscsustentavel.ufsc.br/files/2017/04/MINUTA-Relat%C3%B3rio-PLS-2017.pdf> Acesso em 06 jul. 2017.

5RECICLANDO IDEIAS. Como secar as mãos usando o papel toalha corretamente. Disponível em <http://www.reciclandoideias.com.br/como-usar-o-papel-toalha> Acesso em 06 jul. 2017.

6BRASIL. Lei nº 12.305/2010. Disponível em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm> Acesso em 17 jul. 2017.