Cursos da água na UFSC

Campus Trindade / Florianópolis/SC

O campus Trindade da UFSC está inserido na Bacia Hidrográfica do Manguezal do Itacorubi, cuja área de drenagem escoa suas águas para a baía norte da ilha de Florianópolis, Santa Catarina.

O principal curso da água que corta o campus Trindade da UFSC é o Rio do Meio, tributário do Rio Três Córregos, que por sua vez é tributário do Rio Córrego Grande, este último principal curso da água da Bacia Hidrográfica do Manguezal do Itacorubi.

Os principais cursos da água inserido nessa bacia são o Córrego do Itacorumbi, Córrego Grande, Córrego do Morro da Lagoa e Rio Três Córregos.

Os principais divisores de águas da bacia são o Morro da Costeira do Pirajubaé e Morro da Cruz perfazendo o limite sudoeste e noroeste, e os Morro da Lagoa e Morro do Padre Doutor no limite sudeste à nordeste. O sentido predominante de escoamento das águas da bacia é no sentido noroeste, com exutório entre a Ponta do Recife e Ponta do Goulart. Outras pequenas bacias contíguas estão inseridas na região exutória do Manguezal do Itacorubi, provenientes do bairro Agronômica e João Paulo.

A Bacia Hidrográfica do Manguezal do Itacorubi possui área de 28,5 km², abrangendo os bairros do Pantanal, Carvoeira, Córrego Grande, Serrinha, Trindade, Agronômica, Itacorubi e parte do bairro João Paulo.

O rio Três Córregos passa a ser denominado dessa forma após receber contribuição do Rio do Meio e outros dois córregos no limite extremo nordeste do campus Trindade da UFSC.

Os principais afluentes do Rio do Meio são Córrego da Carvoeira, da Serrinha, do Pantanal, do Bosque da UFSC e da Arquitetura da UFSC.

A sub-bacia Hidrográfica do Rio do Meio contempla uma área de 4,53 km², abrangendo os bairros Pantanal, Carvoeira, Serrinha e pequena parcela do bairro Trindade. O Rio do Meio tem sua nascente próximo ao pico do Morro da Costeira do Pirajubaé, com sentido de escoamento principalmente nas direções norte e nordeste.

Fonte: Coordenadoria de Gestão Ambiental da UFSC (2019).

O campus Trindade da UFSC concentra as águas de drenagem de todo seu entorno, o que favorece a ocorrência de inundações em eventos de grande precipitação, provocando alagamentos às edificações e áreas de estacionamento do campus, bem como, a condução para dentro de seu limite dos esgotos não tratados lançados nos cursos da água do entorno, resíduos sólidos dispostos de modo irregular, e sedimentos de áreas desmatadas, vias públicas, entre locais desprovido de proteção de solos.

De modo geral, duas grandes áreas de contribuição (sub-bacia 1 e sub-bacia 2) confluem para o ponto de encontro (confluência) localizado no centro do campus. O local está localizado entre a Biblioteca Universitária e o prédio da FEESC, na área de estacionamento do Centro Tecnológico.

A sub-bacia 1 é denominada de área de contribuição da Nascente do Rio do Meio, a sub-bacia 2 de área de contribuição dos Córregos da Carvoeira e Serrinha, e a sub-bacia 3 de área de contribuição do Exutório do Rio do Meio.

MB UFSC

Fonte: Coordenadoria de Gestão Ambiental da UFSC (2019).

Clique aqui para ter acesso aos mapas disponíveis da UFSC Sustentável.